7 RAZÕES POR QUE FUNCIONÁRIOS FORA DO RH DEVERIAM APRENDER SOBRE RH

7 RAZÕES POR QUE FUNCIONÁRIOS FORA DO RH DEVERIAM APRENDER SOBRE RH

Funcionários de RH não são seus inimigos, a menos que você os considere assim. Ou se você fizer algo prejudicial para que eles se tornem seus inimigos. Qualquer que seja o caso, uma vez que o/a funcionário(a) aprende sobre a mentalidade de seus/suas colegas, eles serão capazes de manter uma comunicação melhor, e, assim, uma conexão melhor e, eventualmente, um produto melhor.

 

Aprender a ciência do RH faz parte da mentalidade de funcionários de RH, e aprender seus segredos permitirá a você se colocar no lugar deles e ver a companhia pela visão deles; e, assim, responder várias questões que você talvez tenha se perguntado sobre.

 

Passe em entrevistas perfeitamente

Certamente, um entrevistado que estudou a mentalidade de um processo de recrutamento de RH se sobressairia fluentemente do entrevistado de costume. Quando for perguntado à você todas aquelas questões indiretas e capciosas, você entenderá o porquê dessas perguntas e, mais importante, você saberá que tipo de respostas eles estão procurando. Isso não é ser antiético ou esperto. Pelo contrário, você está ajudando o entrevistador a encontrar o que eles procuram. Muitos entrevistados podem interpretar de maneira errada as questões e darem respostas que irão ressaltar qualificações indesejadas.

 

Mas cuidado! Não seja mais esperto que o entrevistador. Isso pode ser mais negativo que responder uma questão de forma não eficiente. O entrevistador pode levar para o lado pessoal. Não subestime o poder do entrevistador, porque gerentes de RH gostam de se sentir em controle e de lidarem com pessoas de maneira correta. Eles não contratarão um future rebelde!

 

Saiba seus direitos

Saber seus direitos é uma das coisas básicas que qualquer funcionário deveria saber. Mas nessa seção, eu não quero dizer seus direitos na companhia. Gerentes de RH talvez apresentem suas próprias regras, que podem ser distantes do que livros de RH ensinam. Quando você aprende sobre RH, você sabe como defender seus direitos porque você tem o conhecimento. Embora, gerentes de RH na companhia serão expostos. Eles irão perceber que seus funcionários entendem normas e protocolos de RH. Desta maneira, gerentes de RH começarão a aplicar protocolos de RH contemporâneos, ou serão corretamente acusados de não-instruídos, para dizer o mínimo!

 

Aplique princípios de RH ao seu trabalho

 

O espírito do Recursos Humanos é, principalmente, sobre considerar funcionários como clientes. É sobre cuidar do bem-estar físico e mental do seu empregado, enquanto, ao mesmo tempo, ajudá-os(as) a se desenvolverem tanto profissionalmente como pessoalmente.

Qualquer funcionário que trabalhe para outro funcionário é considerado um membro do RH, mesmo se ele/ela não trabalha no departamento de RH. Por exemplo, eu posso ser um bibliotecário em uma companhia que sempre é perspicaz em prover aos leitores (os funcionários) livros sobre seus planos de carreira, dicas de saúde, planejamentos financeiros, interesses pessoais, e livros que são diretamente relacionados às suas carreiras. Nosso bibliotecário, aqui, está fazendo puramente seu trabalho de RH de A à Z. Outro exemplo pode ser o chefe da companhia que oferece refeições customizadas para seus empregados, enquanto os informa sobre métodos de nutrição e novas dietas.

Também pode ser um motorista da companhia que mantém mapas extras de estradas e metrôs nos bancos de trás para os funcionários. Um quarto exemplo pode ser o contador da companhia que sempre se preocupa em criar acordos melhores com bancos e a encontrar serviços financeiros melhores para os funcionários, e, talvez, métodos como economizar e como gastar os pagamentos dos mesmos.

Como gerente de um departamento que não seja o RH, você pode aplicar suas próprias técnicas de motivação e programas de treinamento para seus funcionários, a parte do que o departamento de RH irá oferecer. Desta maneira, seu time se tornará mais visível e eles serão extra motivados.

 

Uma chance para trocar sua carreira

 

Em algum ponto de nossas vidas, alguém pode ser forçado a mudar de carreira. Como funcionários, nós sempre devemos estar prontos e ter um plano B. De fato, nosso maior objetivo seria focar no desenvolvimento do que somos bons, mas essa não deve ser sua única meta. A vida também é uma jornada de auto-descoberta. Você pode descobrir habilidades que farão sua carreira prosperar, seja na direção em que ela se encontra ou numa nova direção, e essas descobertas podem acontecer em qualquer idade, desde que possamos aprender e trabalhar.

Muitos funcionários que não são de RH são curiosos e aventureiros o suficiente para mudar suas carreiras e trabalhar no departamento de Recursos Humanos de sua empresa ou qualquer outro departamento. Alguns diretores de RH dão mais boas-vindas a esta ideia de ter um funcionário que não é experiente na área, do que ter um experiente. A razão é que alguns empregados que nunca trabalharam em RH tem a capacidade de pensar fora da caixa e detectar erros comuns e eles querem trabalhar na área para fornecer melhores serviços e ideias para seus colegas e outros. Se você estiver nesta situação, certifique-se de destacar a razão pela qual você quer trabalhar no departamento de RH em seu CV e na entrevista.

 

Ter pontuações melhores na Avaliação de Desempenho

Você é um bom funcionário, mas quando você receber as notas de sua avaliação de desempenho você as acha inadequadas? Bem, seus termos de “bom” pode ser diferente do que seu gerente pensa, o que também pode ser diferente do que o departamento de RH pensa.

Se você é um “bom” funcionário de acordo com seus termos pessoais, então você será um “melhor” quando você ler sobre os métodos de avaliação de desempenho de RH. Você não vai mudar a si mesmo ou seu método de trabalho.  No entanto, você vai apenas se preocupar sobre o que realmente conta de acordo com os padrões de RH.

 

Saiba como comunicar um problema

Muitos funcionários enfrentam problemas no trabalho, mas nem todos têm a coragem de relatá-los. Alguns funcionários tomam a iniciativa, mas eles não sabem como escrever o relatório. Eles acabam escrevendo o problema de uma forma muito pessoal, em vez de profissional. É melhor ter em mente que em alguns lugares os departamentos de RH se preocupam mais com o lado “prático” do que com o “pessoal”.

Saiba como os membros de RH percebem “problemas”, aprenda como eles lidam com relatórios, e então você saberá como escrever um.

 

Aprenda como fazer um CV de forma apropriada

 

Por último, mas não menos importante, pode haver dúzias ou talvez centenas de artigos escritos sobre como escrever um CV apropriado. Recrutadores de RH não são estúpidos. Eles sabem o que está escrito na internet, e eles sabem quando alguém copiou de um desses artigos. Tudo bem aprender com esses artigos, mas não é ok somente copiar o que está escrito. Se você não tem paciência para escrever um respeitável currículo, então como você terá a chance e paciência para trabalhar?

A melhor maneira de escrever um eficiente CV é saber o que o recrutador tem em mente através do estudo de RH. O próximo passo é combinar suas capacidades, visão, talentos, história e sonhos com o que é procurado pelo recrutador.

Fonte: Mahmoud Mansi

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *